CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

Já perdi muitos quilinhos!

terça-feira, 28 de abril de 2009

Porque tanta cobrança?

Não sei se o mesmo ocorre com vcs, gordinhas, obesas ou ex-obesos...

Não costumo criar expectativas em relação aos outros, mas quando o assunto sou eu a coisa fica diferente. Meu nível de exigência comigo mesma é algo absurdo, tenho sempre que fazer o melhor, dar o máximo de rendimento e quando isso não ocorre fico frustrada mesmo.



Não precisa ser muito esperta para saber de onde vem tanta exigência, quando obesa sempre me considerei inferior as outras pessoas em relação a aparência, então precisava ser boa em alguma coisa. Escolhi os estudos para me dedicar de corpo e alma, não sou uma nerdi, mas procuro sempre superar minhas dificuldades e fazer tudo com muita dedicação e responsabilidade. Gosto de estudar, quando acabar a graduação que estou fazendo quero logo partir para a pós-graduação, de repente na área da psicopedagogia ou alfabetização.



Bom, mas o que quero relatar é que ontem aconteceu uma coisa hiper chata. Eu tinha que responder quatro perguntas sobre um filme pra entregar ontem. Eu assisti o filme, muito bom por sinal (Clube do Imperador), respondi as perguntas, porém achei que o trabalho ficou péssimo, não estava a nível de ensino superior, decidi não entregar...

Ontem na aula enquanto a professora recolhia o material ela disse olhando nos meus olhos que não esperava essa atitude minha, que estava decepcionada comigo...

Nossa, fiquei péssima!!!!

Precisei segurar as lágrimas, mal consegui me concentrar na aula, foi muito chato mesmo. Depois de algum tempo quando ela passava no meu grupo eu disse que estava péssima por não ter entregue o trabalho, aí ela perguntou o porquê não tinha entregue. Bom, expliquei que eu acreditava que o trabalho não estava a altura de nível superior, que eu podia fazer algo melhor, pois acreditava que o filme gerou uma reflexão muito maior do que eu consegui expressar naquele primeiro momento. Ela disse que admirava essa minha postura de dedicação e tal. Porém palavras são como o vento, depois de faladas não é possível pegá-las no ar...



Vou poder entregar na próxima aula, assim como outras colegas, a nota também não será a mesma, mas o que realmente acabou com meu dia foi o comentário...

Fiquei chateada o dia todo, por isso não quis postar ontem.

Parece que o grau de exigência triplicou sobre mim, a sei lá, não sei se vcs entendem como eu me senti. Fiquei remoendo essas palavras o dia todo, pensando, pensando, pensando... Com um nó na garganta!!!



Porque a gente se cobra tanto, eu realmente preciso de um tratamento psicológico, a obesidade deixa feridas na alma e para curar essas feridas não basta só tratar o físico, é preciso tratar o psicológico.



Agora só de raiva vou assistir o filme novamente para fazer uma análise muito mais profunda, vou cavar até chegar no Japão!!! Heheheheheheh



COMENTÁRIOS:

Valeu meninas pelas palavras de carinho, estou feliz pra caramba com essa nova fase na minha vida, as pedras existem sim, mas vou usar cada uma para construir uma escada rumo aos meus objetivos. Para as meninas que estão chegando, sejam sempre bem-vindas.



Paty minha amiga querida, foi eu mesma que mexendo em tudo que é lugar deixei meu blog assim, com a minha cara, cheio de frescura por todos os lados. Vou preparar um material explicando como colocar esses badulaques no blog e envio pra vc. O único problema é que não sei usar o ZIP NET... Mas a gente da um jeito.



There será que vc é a mesma do e-family, nossa se for é muito bom te ver por aqui.

Conta as novidades menina!!!



Bethy, Heliane e Karla apareçam e participem sempre que quiserem.



Obrigada a todas as meninas pela visitinha, sintam-se em casa !!!

Beijocas cheias de carinho!!!

3 comentários:

There : ) disse...

É, sou a mesma do E-family sim, hehehe.

A vida anda na mesmíssima coisa... nada mudou!

Acho legal vc se cobrar, pq é assim q a gente muda coisas q não estão boas, mas vc deve ver mesmo isso, cobrança excessiva não é bom! Vc pode estar começando a entrar numa depressãozinh,a já pensou nisso?

Ajuda psicológica acho o máximo! Todo tipo de ajuda é bem vindo, né?

Bjs e força.

Daia disse...

Miguinha apesar de vc já saber minha opinião...mas passei para dar uma conferida, no post...bjóks!!

grazi-sul disse...

eu vi uma palestrante evangelica falar algo na tv q me chamou a atenção e parei para escutar... palavras soltas e tempo, depois que lançamos não conseguimos mais recuperar. bjs